Consulting Experience in the Implementation of the Global Industry Standard on Tailings Management

By Claudio Roman & Fernanda Kunoh, Gabriela Barbosa, Alix Becerra, Eric Chucos

1 minuto min lido

O lançamento do Padrão Global da Indústria para a Gestão de Rejeitos (GISTM, do inglês “Global Industry Standard for Tailings Management”) em 2020, sem dúvida, ajudou a obter uma melhor compreensão sobre como desenvolver uma gestão segura e responsável das instalações de armazenamento de rejeitos (TSF, do inglês “Talings Storage Facilities”), incorporando aspectos sociais e ambientais nos sistemas de gestão de rejeitos. A Norma levou as partes interessadas do setor mineiro a repensar a forma como as TSF são concebidas, construídas, operadas, monitoradas e encerradas nos dias de hoje e, mais importante ainda, a forma como são geridas, revistas, mantidas e governadas.

Este artigo tem como objetivo mostrar a experiência da Ausenco na implementação do GISTM e na avaliação da sua conformidade em diferentes empresas mineiras, centrando-se nos conceitos-chave e nas abordagens adotadas para abordar os 6 Tópicos, 15 Princípios e 77 Requisitos abrangidos pela Norma. Isto abrange diretrizes para iniciar a implementação da Norma considerando o contexto em que a TSF está situada, como a empresa mineira deve ser envolvida, a importância de compreender a credibilidade dos cenários de falha e os riscos associados e, finalmente, o que acontece após a implementação.

Leia o documento