Aumentando o valor do projeto com ore sorting

By Preetham Nayak

4 minutos

A extração de metais valiosos da crosta terrestre envolve a lavra e o processamento de uma grande quantidade de material. Isto abrange tipicamente colocar muita energia em uma enorme quantidade de rocha para liberar e extrair a pequena quantia de metal valioso nela contido. A maioria das minas de metais básicos tem aproximadamente 99% de resíduos (1% metal) e as minas de metais preciosos têm aproximadamente 99,99% de resíduos (0,01% metal).

O ore sorting tem uma abordagem diferente de recuperação do metal comparado aos métodos tradicionais. O minério é pré concentrado (separação dos minerais minério dos minerais de ganga), rejeitando os resíduos no início do ciclo do processo antes de se colocar muita energia em processamento posterior. Os benefícios podem ser numerosos, incluindo os seguintes: expansão dos recursos através da redução do teor de corte e potencial aumento da vida útil da mina; aumento da produção total de metal; redução do consumo de energia elétrica e água (por tonelada de metal produzido); redução do custo de capital com instalações de menor porte e área de implantação reduzida; diminuição do armazenamento de rejeitos e risco associado.

A classificação proporciona uma oportunidade de melhorar o VPL do projeto, aumentando a quantidade de metal valioso processado com o tempo. Essa abordagem melhora o fluxo de caixa, aumentando significativamente a viabilidade da operação.

Tipos de ore sorting

Há uma gama de tecnologias, sensores e aplicações disponíveis para ore sorting, dependendo do depósito e da economia do projeto. Existem dois tipos principais - a granel e por partículas.

A triagem a granel é adequada para operações de baixo e de médio teor e grande capacidade. Um sensor e um desviador removem pacotes de material de baixo valor do ROM (run of mine) em uma correia transportadora com base em um teor pré determinado. Esse método pré concentra o minério a um custo operacional muito baixo, classificando pequenos blocos de material (variando de 1t a 10t) a taxas de 10 - 1000 t/h de produção. A classificação a granel tem provado ser bem sucedida em várias operações de metais básicos. Em certos casos, a triagem a granel tornou viáveis projetos greenfield ou depósitos satélite anteriormente inviáveis economicamente.

A triagem por partículas é adequada para operações de baixa produção com minério de alto valor. Um classificador de partículas varre as rochas individuais de 1-3" e separa as rochas com um algoritmo especialmente adaptado a produções de 10-100 t/h por máquina. A triagem por partículas é um método altamente seletivo de pré concentração que pode rejeitar os resíduos ao mesmo tempo que consegue recuperações muito elevadas. Esse método de triagem tem tido aplicações tanto em minas de metais básicos como em minas de metais preciosos.

Ore sorting em uma mina de ouro e cobre no Brasil

Recentemente realizamos uma avaliação de heterogeneidade em uma grande mina de ouro e cobre no Brasil. A nossa avaliação identificou uma forma de classificar e melhorar o teor da pilha marginal muito mais cedo na vida da mina, resultando no aumento do fluxo de caixa do projeto. Ao adotar ore sorting do minério, material anteriormente classificado como não econômico foi convertido em minério econômico que podia ser processado imediatamente. O teor de alimentação da planta aumentou e o VPL do projeto foi otimizado.

Em uma outra operação de cobre no Brasil, a nossa familiaridade com várias tecnologias de detecção e experiência com ore sorting a granel, bem como por partículas, levou-nos a utilizar a avaliação do cliente sobre a triagem por partículas, para identificar uma abordagem diferente. A nossa avaliação mostrou que o projeto foi mais beneficiado pela combinação das tecnologias de separação por partículas e a granel. O projeto está agora avançando para a escala piloto de avaliação antes da sua implementação à escala de produção.

O estudo de avaliação da tecnologia de ore sorting acrescenta valor para o cliente

Um cliente na Austrália contactou a Ausenco para explorar oportunidades e tecnologias para acrescentar valor no desenvolvimento de uma mina e planta de beneficiamento de cobre novas. Ao adotar uma abordagem holística da avaliação econômica de todo o projeto, fomos capazes de obter um resultado significativamente melhor. A forte compreensão da nossa equipe sobre as tecnologias de ore sorting e o resto da instalação de processamento permitiu-nos fornecer resultados que melhoraram a performance de toda a instalação e do projeto. A nossa solução de ore sorting a granel aumentou as receitas em mais de 10% e o VPL do projeto em 400 milhões de dólares AUD.

Deixe os nossos especialistas em ore sorting ajudá-lo a #FindABetterWay (Encontrar a melhor maneira).

Com vasta experiência na avaliação de projetos e tecnologias, numerosos estudos, trabalho de engenharia detalhada, concepção e entrega de projetos de ore sorting na América do Norte e do Sul, estamos aqui para ajudá-lo a encontrar a solução certa para o seu projeto de ore sorting.

Analisando a operação como um todo e avaliando o impacto das diferentes tecnologias de ore sorting, desde o planejamento da mina até a gestão de rejeitos, podemos otimizar o retorno do projeto.

Trabalhando com operações brownfield, implementamos estratégias para reduzir o OPEX ou aumentar a produção de metal, enquanto em projetos greenfield, promovemos melhorias no fluxo de caixa e reduzimos o custo de capital.

Para mais informações sobre ore sorting, e como o podemos ajudá-lo no seu projeto, contacte Preetham Nayak.